sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Dificuldades na Coleta de Lixo em Manaus.


A Semulsp informa que Manaus gera cerca de 4,5 mil toneladas de lixo diariamente, desse total, 3 mil toneladas são recolhidas e depositadas no aterro sanitário, nessa operação, estima gastar cerca de 150 milhões em 2010.
Manaus carece de uma estrutura operacional de coleta de lixo mais efetiva, incluir a coleta em pontos de difícil acesso, como as margens dos rip-raps, das estâncias, vilas e becos, além, claro, daquelas áreas onde existem moradias irregulares ao redor dos corpos d’água e dos barrancos.
Porque é necessário alcançar essa população? – Por que sem a coleta adequada, essa população sem alternativa, fatalmente, vai despejar todo seu lixo diretamente nos rios e igarapés.
O resultado disso, todos já conhecem, são inundações e contaminação dos corpos d’água, além da disseminação de doenças.
Campanhas intensivas de educação ambiental para essas pessoas que vivem nessas áreas de risco junto às escolas, que envolvam não só as crianças, mas a família toda, podendo vir a gerar bons resultados no futuro.
Aliado a isso, o poder público precisa apresentar a sociedade alternativas mais consistentes que visem contemplar essa população que vive nessas áreas de risco, com uma coleta diferenciada, invés de caminhões gigantescos, que tal caminhões menores que possam entrar e sair da ruelas e vielas coletando o lixo doméstico,
Ações como essas, antes de ser ambientalmente correta, é uma questão de saúde pública que certamente ajudarão a reduzir a proliferação de doenças e ao mesmo tempo a contaminação dos rios e igarapés.

9 comentários:

  1. Gostei do seu trabalho; estamos unidos a essa causa tão importante para a preservação da vida em nosso planetinha

    ResponderExcluir
  2. Oi Ritta,
    Que bom que você compartilha dos nossos mesmos ideais, temos obrigação de deixar um planeta melhor do que recebemos dos nossos pais.
    Conte comigo se precisar de algo daqui.
    um abraço do tamanho da Amazônia.

    ResponderExcluir
  3. George, como vc acha que Manaus poderia ser ajudada quanto ao problema do lixo? Planejamento, educação ambiental, projetos...? E quais seriam as pessoas que teriam que ter um suporte para por essas medidas em prática?


    Abs

    ResponderExcluir
  4. Carol.
    Muito obrigado pelo comentário e questionamento.
    O problema do lixo de Manaus, perpassa por duas ações importante, a primeira pelo planejamento urbano/ambiental que considere uma coleta eficiente que alcance cerca de 95% das ruas da cidade, isso aliado a uma forte campanha de sensibilização das pessoas em colocar seu lixo para coleta na hora da passagem do carro coletor.
    a segunda eu creio que uma comunidade, uma sociedade engajada, uma sociedade mobilizada seria um bom começo para dar efetividade a essas açoes.
    Por fim, educação ambiental na grade escolar e campanhas de mobilização da sociedade podem fazer a diferença se quisermos um planeta mais sustentável.

    ResponderExcluir
  5. nós moradores somos os principais culpados uma vez que não contribuimos com as politicas publicas para o melhoramento das condições de vida na cidade. seria hipocrisia jogar a culpa nos governantes tendo em vista que participamos do processo de sujamento da cidade uma vez que depositamos nosso lixo em horario inapropriado, jogamos lixo na rua (mesmo que muito raramente e sem que muitas vezes que percebamos), fora o fato de inumdarmos nossos igarapés com diversas catégorias de lixo xegando até a ser encontrados eletrodomésticos, tais como geladeiras. o governo incentiva e apoia os projetos e campanhas, porém o povo deve se conscientizar da gravidade do problema uma vez que o mais afetado por tal problema é o proprio.

    ResponderExcluir
  6. hahahh ki ilário isso, estamos em Manaus ,se nem o porto da cidade que é a porta de entrada da capital ainda não teve jeito, e olha que este tem uma historia e tanto, imagine o lixo.
    e essa história de urbano ambiental. nossa kê isso!se e somente se houvesse um bom planejamento dessa cidade pelo menos em uma parte não estariamos com nossas ruas esburacadas, as paradas de onibus caindo em nossas cabeças, a rodoviaria praticamente desmoronando, o aeroporto praticamente sem sinalização e sem estrutura e infra-estrutura, o centro tomado de calçadas esburacadas e tomado de comerciantes informais tendo em vista que este poderia ser um dos principais atrativos turistico da cidade, problemas com estradas, falta de saneamento básico enfim. problemas de urbanização, falhas historicas que começam em um processo falho de embelezamento forçado da cidade que vem se arrastando desde à belle epoque e não serão resolvidos por palavras bonitas e projetos que não saem do papel, uma vez que sempre se começa uma obra em que o capital é investido e não aparece retorno. principalmente no que se trata de transporte ,que eu sei não tem nada haver com lixo( apesar de mais parecer com um lixo andante )mais que não poderia deixar de citar. para tanto peço desculpa pela revolta.

    ResponderExcluir
  7. Olá George da Floresta!!
    Fico muito feliz em ver pessoas da região preocupadas com um problema tão grande de Manaus.
    Estive aí semana passada e fiquei perplexa com a situação do lixo, as pessoas da região não tem educação ambiental nenhuma, fiquei triste com o contraste e o descaso, pois Manaus deveria ser pioneira em coleta seletiva por exemplo, não devemos esquecer que O MUNDO vê a Amazônia, e que ela tem que dar o exemplo de sustentabilidade para o Brasil...
    Os POLÍTICOS de Manaus são uma MERD....

    ResponderExcluir
  8. Stephane Simões17/03/2011 14:49:00

    Ai Manaus...
    Sinceramente uma vergonha em certos termos!!!
    Cadê os nossos representantes?!
    Ficam só se preocupando com o impítima do prefeito, e a cidade fica na "merda" que tá.

    ResponderExcluir
  9. Conscientizar o povo para que jogue e armazene lixo de forma correta tudo bem. Acontece que não somente os cidadãos(pessoas físicas) que jogam lixo na rua/calçadas... Os donos de empresa tratam os moradores onde anham suas fortunas como ratos, tapados(as), desinformados(as), ignorantes... Isso é pior ainda!
    Nós moramos na rua Pico das Águas. Na verdade é minha avó(Erotildes) que mora nesta rua e bem ao lado da Emporioländia, nome atual: Moinho Empório. Uma empresa bonita de se ver, fica na Constantino Nery e seu estacionamento"(que é na calçada da rua)fica para a rua pico das águas.
    Acontece que essa "beleza de empresa" coloca todos os dias a partir das 17h o lixo dela na calçada da rua, ao lado da casa da minha avó de 89 anos. Meu pai foi reclamar e disseram que o lixo fica na calçada deles e que isso não atrapalha ninguém.
    É tanta caixa, pão e outros alimentos vencidos que às vezes chega a calçada da minha vó. Pessoas e cachorros vão pear daquele lixo que só é recolhido a meia noite. Já houve vezes que o carro de lixo não passou e só saiu no dia seguinte: uma meladeira e sujeira só.
    Aí, todos os dias às 6h, eles colocam uma “abestada ou abestado"para lavar com sabão o chão fedorento e podre.
    Não é obrigação deles ter uma caixa de lixo para o devido armazenamento até a chegada do caminhão? Eles acham que não. E enquanto se fazem de empresa séria e histórica de Manaus, a comunidade da rua sofre com a discriminação e falta de respeito. Ou será que ele colocaria lixo ao lado da casa da mãe ou da avó dele?
    Podem ajudar? Temos fotos. Avisa para que e-mail podemos mandar. Abcs.

    ResponderExcluir